segunda-feira, 29 de novembro de 2010

ADVENTO: Tempo de Esperança




Olá pessoal! Antes de iniciar o post de hoje, quero pedir desculpas por termos ficado tanto tempo sem comunicação, é que às vezes é preciso fazer como a águia, subir à montanha para mudar as penas, mas este é assunto para um outro post.
Advento, espera daquele que há de vir, a Liturgia das Horas tem um belíssimo hino que retrata este tempo onde a igreja canta "Vem Senhor, não tardes mais, vem saciar nossa sede de paz". Esse é o anseio do coração humanao "PAZ", que só pode ser completa com a presença do Menino Deus.
O tempo do Advento marca o início do calendário cristão, um novo ano litúrgico se inicia e com ele a esperança de nova vida, uma nova força para recomeçar. Nas duas primeiras semanas do advento, a liturgia é voltada para a 2ª vinda do Senhor, tempo de reconciliação, arrependimento, reflexão. As duas últimas semanas é um convite para a preparação do coração como o verdadeiro presépio onde o Menino Deus possa habitar, a espera do Sol, a paz plena, o shalom do Pai.
Durante este tempo, você é convidado a junto conosco refletir sobre a essência do Natal, as figuras marcantes, a liturgia da igreja e assim viver um natal diferente.
É este o tempo favorável para cultivar os valores cristãos da ALEGRIA, pois Deus é fiel às suas promessas, não só às comunitárias, mas também àquelas que fez pessoalmente a cada um de nós. Alegria da espera de Cristo que já veio, mas só se consumará na parusia do Senhor. ESPERANÇA na renovação  de todas as coisas, esperança que nos forma na paciência diante das tribulações. CONVERSÃO, retorno de todo o nosso ser a Cristo. POBREZA, não só do material, mas o abandono e dependência  inteira de Deus, como diria minha amiga Sta Terezinha "o que agrada a Deus em minha pequena alma, é que eu ame minha pequenez e minha pobreza, é a esperança cega que tenho em sua misericórdia".
Durante todo o advento veremos algumas figras importantes:
*  ISAÍAS, como voz que clama no deserto, sustentou a resistência do povo na esperança da vinda do Salvador;
* JOÃO BATISTA, o último dos mensageiros a preparar os caminhos. Profeta austero e vigoroso, homem de muita humildade e fé;
* JOSÉ,  justo no sentido mais profundo que a Bíblia dá a esta palavra, silenciosa figura na busca do discernimento da vontade de Deus;
* SIMEÃO,  homem justo e piedoso que esperava a consolação do povo;
* ANA, profetiza que serve a Deus com jejum e oração. Anuncia a proximidade do Reino de Deus;
* MARIA, como filha do povo de Israel, representa a coroação do próprio povo aguardando a chegada do Messias. Nela está toda esperança do povo, toda a sua certeza de salvação e toda a sua fidelidade conservada ao longo de tantos séculos;
Aprendamos com eles a seguir o caminho que aponta para a plena felicidade, saimos de nosso comodismo, não esperemos nossas dores passar, façamos delas degraus para chegar ao céu. O Messias libertador deve ser esperado por nós homens e mulheres deste tempo marcado por tantas prisões, da corrupção, do desamor, do desespero, dos vícios. Olhemos para dentro de nós e vejamos como está o nosso coração, é ele hoje o estábulo onde Jesus Menino escolheu nascer.
Esperamos você, para mais uma partilha amanhã.
Eliane Maria








Um comentário:

  1. aleluiaaaaaaaaaaaa !!!!!!! Maranatá !!!!!!
    Vem Senhor Jesus

    ResponderExcluir